Ferramentas Casa e Jardim

Autotransformador: como funciona e quais as vantagens?

Autotransformador

Pouco conhecido, mas muito usado. O autotransformador trata-se de uma garantia de funcionamento adequado de eletrodomésticos e também da preservação destes.

Sem dúvida contar com sua tecnologia diminui drasticamente as chances de prejuízos severos.

Sem dúvida a explicação sobre o que é um autotransformador passa pela necessidade de explicar o que é um transformador. A semelhança não se dá apenas pelo nome. Há uma aproximação de tecnologia e de até de função, no entanto, cada um voltado para um setor específico.

Neste artigo, vamos detalhar mais essas semelhanças e diferenças e principalmente explicar, afinal, o que é um autotransformador. Quais vantagens gera exatamente e como consegue proporcioná-las?

Para saber mais sobre autotransformador e por que é vantajoso tê-lo em sua casa ou no trabalho, prossiga com a leitura!

O que é um transformador?

Como dito acima, faz-se necessário explicar primeiro o que é um transformador para explicar o conceito do segundo.

Ambos integram um mesmo sistema, uma cadeia de tensão e regulagem elétrica. O transformador acaba sendo um modelo de introdução ao autotransformador.

Pois bem, começando do começo. O que é um transformador?

R$ 62,29
em estoque
4 new from R$ 62,29
as of 15 de maio de 2021 03:00
Amazon.com.br
R$ 76,90
em estoque
2 new from R$ 76,90
as of 15 de maio de 2021 03:00
Amazon.com.br
R$ 135,52
em estoque
15 new from R$ 113,40
as of 15 de maio de 2021 03:00
Amazon.com.br
R$ 146,53
em estoque
9 new from R$ 144,32
as of 15 de maio de 2021 03:00
Amazon.com.br
R$ 148,32
em estoque
16 new from R$ 139,05
as of 15 de maio de 2021 03:00
Amazon.com.br

Transformador trata-se de um dispositivo para regular a tensão da corrente elétrica de uma rede.

Uma rede tem várias tensões, isto é, variações de tensões que mudam de região para região.

Essas variações geram muita instabilidade. Instabilidade sem dúvida com potencial de afetar as peças ligadas a rede elétrica.

O papel do transformador, portanto, é deixar a rede mais estável, “saudável”, regular.  Como faz isso? Mudando as tensões que vem da rede em no máximo 220 v. Dentro desse número, podem existir variações que vão de 110 v a 127 v.

Ele é capaz de alterar tensões e transmitir uma potência elétrica de um circuito para o outro.

Imagine que a corrente elétrica sai de modo “x” do gerador. Ela percorre a fiação elétrica, mas, ao chegar ao transformador, é modificada para uma potência considerada adequada para aquele parque térmico. É transmitida depois, com suas modificações, até outro transformador.

Desse modo, mantém-se uma rede mais estável, mesmo tendo algumas variações.

Autotransformador

O que é um autotransformador?

Entendido qual a função de um transformador, vamos à parte que diz respeito ao autotransformador.

O que é e para quê serve essa peça? Ela também se trata de um dispositivo e também exerce função de regulador. No entanto, seu foco não está exatamente em manter o equilíbrio do circuito elétrico.

Sua principal função está voltada em proteger os aparelhos elétricos ligados na tomada. Protegê-los de possíveis danos causados pela variação de tensão da rede.

Sem dúvida seu foco está direcionado para a entrada e saída da tomada. Voltado a conexão dos aparelhos a rede elétrica.

O aparelho faz uma análise de qual seria a voltagem ideal para manter tudo funcionando sem sobrecarga e falta de energia.

Vamos para um exemplo prático.

Imagine que você está prestes a ligar o seu videogame na tomada. A tomada que tem a disposição para ligar o aparelho é de 220v. Contudo, o videogame foi fabricado para receber tensão de até 127 V.

Nesse caso, se você  ligar esse aparelho direto na tomada, e sem nenhum tipo de proteção, certamente o console poderá ter uma sobrecarga. As consequências disso sem dúvida serão desastrosas. Por exemplo, partes do aparelho serem danificadas e até queimadas.

A solução para impedir o desastre é justamente usar o autotransformador. Ele fará o trabalho de identificar a tensão transmitida da rede para a tomada e a tensão máxima que o aparelho conectado a tomada suporta.

Identificando a diferença entre um polo e outro, trabalha para fazer o equilíbrio. Ou seja, no caso, reduzi-la até a voltagem ideal do aparelho. Desse modo, ele poderá funcionar normalmente e não ser prejudicado por qualquer tipo de excesso.

As vantagens de um autotransformador

Sem dúvida uma das vantagens do autotransformador diz respeito à parte econômica. Para explicar essa parte, cabe apontar uma diferença em relação às peças já citadas neste artigo: transformador e autotransformador.

O transformador é composto por 2 enrolamentos de condutores. Eles são distintos e envolvem o mesmo núcleo de ferro.

Já o autotransformador consegue fazer a mesma indução de potência usando apenas um enrolamento. Isso significa que a sua constituição demanda menos uso de  material. Isso sem dúvida se reflete em seu preço final.

O fato de ter apenas um enrolamento também influencia na questão do rendimento. Seu rendimento é melhor em comparação ao transformador por propiciar menos perdas por efeito de Joule.

Outra vantagem se refere a menor queda de tensão. Mantém uma tensão mais constante com as variações de carga.

Certamente conta na lista de vantagens de se ter autotransformador o fato dessa máquina funcionar em qualquer lugar.

Há modelos que contam com sistema de conexão com adaptador H. Isso elimina, por exemplo, o risco de choque elétrico.

Além disso tudo, a peça ainda é usada na indústria. Seu uso se concentra na adaptação de máquinas projetadas para operarem em 480 v em fonte de 600 v.

Aparelhos que precisam de autotransformador

Sem dúvida aparelhos eletroeletrônicos em geral. Alguns exemplos:

  • Aparelhos de som;
  • Ar-condicionado;
  • Computador.

Recomendações de uso de autotransformador

As orientações que vem a seguir são para serem observadas antes de ligar o aparelho.

A primeira delas é verificar se o aparelho está dimensionado de forma correta. Ou seja, se está adequado para harmonizar a voltagem à potência indicada do aparelho.

Verifique sempre se a tensão de sua rede elétrica é a mesma do dispositivo.

Muito importante: evite sempre usar a peça em locais úmidos. O risco em tal situação é altíssimo. A consequência de um descuido desses pode ser a morte.

Após escolher a tensão desejada, fixe o chamado conector tripolar. Fixe com o parafuso fornecido junto com o kit. Fixe na tomada que se localiza o aparelho.

Outro cuidado importante. Nunca, nunca mesmo, use um aparelho com potência maior que a do dispositivo de regulagem elétrica.

Gostou deste conteúdo sobre autotransformador? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio e sua opinião são muito importantes para nós. Seu apoio faz toda a diferença. Veja mais conteúdo relacionado no site Casa Reformulada!

Deixe seu Comentário