Casa e Jardim

Estabilizador: para que serve? Quais as vantagens?

Estabilizador

Sem dúvida, muitos acreditam que o estabilizador é um item obrigatório para proteger os equipamentos eletrônicos das variações de tensão da rede elétrica. Porém, com o avanço da tecnologia, será que esse dispositivo ainda é necessário? Confira os detalhes a seguir!

Para que serve um estabilizador de energia?

O estabilizador é um equipamento tem como por objetivo proteger os aparelhos (especialmente computadores) contra distúrbios da rede elétrica, como variações de tensão e curtos circuitos. Por isso, ele é composto por um fusível de proteção, uma chave seladora, tomadas de saída e uma chave para ligar e desligar o equipamento. Além disso, alguns modelos contam com proteção para linha telefônica.

Dessa forma, os estabilizadores servem para nivelar a tensão elétrica antes que ela chegue ao aparelho; impedindo que eles queimem ou desliguem. Em casos de grande instabilidade, o fusível presente no equipamento queima, impedindo que a eletricidade prejudique o aparelho.

Mas, será que é realmente necessário utilizar um estabilizador de tensão?

Afinal, ainda é necessário usar um estabilizador?

Os estabilizadores ficaram famosos no Brasil no século vinte, com a chegada dos primeiros computadores. Naquela época, devido à falta de tecnologia e grande instabilidade da rede elétrica, esse tipo de equipamento era essencial para proteger os computadores.

Porém, agora o estabilizador não é mais um item necessário para proteger os computadores das variações elétricas. Afinal, com avanço da tecnologia, muitos fabricantes passaram a embutir esses dispositivos nas maquinas.

Atualmente, as fontes de computador tem capacidade de resposta a variações da rede elétrica muito mais rápida do que a do estabilizador. Enquanto a maioria dos dispositivos demora cerca de 0,008 segundo para responder a anormalidades, os computadores demoram apenas 0,0001 segundo.

Além disso, as fontes de máquinas mais recentes trabalham com uma potência muito maior do que as dos estabilizadores, podendo chegar a 400.000 Hz. Por outro lado, grande parte dos estabilizadores trabalham a 60 Hz; ou seja, quase sete mil vezes mais lento do que os computadores mais potentes.

Então, isso quer dizer que os estabilizadores são completamente inúteis?

Quando usar o estabilizador?

Embora o estabilizador não tenha a capacidade de proteger os computadores modernos, ele ainda é recomendado para os modelos antigos. Nesse caso, você pode verificar as especificações da fonte para ver se o dispositivo opera pelo menos na mesma velocidade que ele.

Além disso, como os estabilizadores previnem curtos circuitos, eles são uteis para aumentar o número de tomadas de uma casa de forma segura; especialmente em regiões com grande variação da rede elétrica. Porém, sempre verifique se a velocidade de resposta do dispositivo é igual ou maior a dos aparelhos que serão conectados a ele.

Mas, o que fazer para proteger os computadores modernos?

Estabilizador

Alternativas para proteger seus equipamentos eletrônicos

Entretanto, se você quer investir em um acessório para aumentar o número de tomadas e evitar que os aparelhos mais modernos sejam danificados pelas variações de tensão da rede elétrica, existem duas opções: o filtro de linha e o nobreak.

O filtro de linha, ou régua, é um dispositivo tem como objetivo impedir que surtos de alta tensão prejudique os aparelhos elétricos. Diferente do estabilizador, o filtro de linha garante o aterramento dos equipamentos e ajuda a eliminar ruídos da rede elétrica. Além disso, ele é a opção com menor custo benefício.

Por outro lado, o nobreak tem a função de regular a voltagem e purificar a energia antes que ela chegue ao equipamento. Além disso, ele contém baterias que mantém o equipamento ligado por um período em casos de queda de energia. Por isso, ele é considerado um dos dispositivos mais completos da categoria.

Contudo, o nobreak tende a ser um pouco mais caro do que o estabilizador e o filtro de linha.

Melhores estabilizadores

Embora o estabilizador seja um equipamento ultrapassado para proteger os computadores mais modernos, ele ainda pode ser útil para aumentar o número de tomadas ou controlar as variações de tensão nos computadores antigos.

Então, confira a seguir os cinco melhores modelos de estabilizadores!

1. APC Microsol CUBIC300BI-BR

R$ 188,90
em estoque
3 new from R$ 179,00
as of 26 de julho de 2021 10:25
Amazon.com.br

Se você procura um modelo básico e eficiente, o APC Microsol CUBIC300BI-BR será uma boa escolha. Você poderá usá-lo proteger impressoras, computadores e outros periféricos contra picos de tensão e curtos circuitos.

Esse modelo tem 300 watts de potência e trabalha em uma frequência de 60 Hz. Além disso, ele contém quatro entradas de tomadas.

  • Preço médio: R$ 200,00

2. Profissional BMI Microline 2

Em segundo lugar, o Profissional BMI Microline 2 tem 1500 VA de potência. Esse modelo garante estabilização da corrente elétrica e protege os equipamentos contra surtos de pressão. Segundo o fabricante, podemos usá-lo para deixar os eletrodomésticos protegidos durante viagens.

  • Preço médio: R$ 300,00

3. KITEC 500VA Bivolt

Por outro lado, se você quer um estabilizador versátil, o KITEC 500VA Bivolt é uma ótima opção, pois funciona em para entradas 110 V e 220V. Além disso, ele tem quatro 4 plugs de tomada e potência de 500 VA.

Assim, podemos usar esse modelo o para proteger computadores, televisores e outros eletrodomésticos.

  • Preço médio: R$ 400,00

4. Powerest Abs TS Shara

Outra opção com ótimo custo benefício é o Powerest Abs TS da marca Shara. Além de estabilizar a corrente de energia, esse dispositivo tem 1000 VA de potência e voltagem de 115 V. Assim, ele oferece proteção mesmo em situações intensas.

  • Preço médio: R$ 75,00

5. SMS Progressive III Laser

R$ 789,00
em estoque
16 new from R$ 789,00
as of 26 de julho de 2021 10:25
Amazon.com.br

Por fim, o estabilizador SMS Progressive III Laser possui potência de 2000 VA de potência, fusível rearmável. Ele foi produzido principalmente para utilização em impressoras a lazer, aguentando variações de energia de até 6%.

  • Preço médio: R$ 600,00

Considerações finais

Sem dúvida, os estabilizadores podem ser uteis para proteger alguns equipamentos. Porém, lembre-se se sempre verificar que a frequência do dispositivo é igual ou superior a do aparelho que pretende proteger. Caso contrário, será melhor investir em um filtro de linha ou um nobreak ao invés de um estabilizador. Essas informações foram úteis para você? Então, leia também: “Melhores liquidificadores para escolher em sua casa nova”.

Deixe seu Comentário